Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Ciganos, Devas, Seres de Luz, Santos, todos no meu Altar!

gypsy

Muitos amigos que acompanham o Blog tem interesse na espiritualidade e especialmente nos Ciganos Espirituais, e ao começar a caminhar pelas sendas Ciganas as dúvidas começam a surgir de todos os lados.

Para os que tem interesse em aprofundar os estudos eu deixei uma indicação bibliográfica sobre o assunto.

Já escrevi sobre esse tema aqui no blog e aproveito para disponibilizar a relação de Livros sobre Ciganos e Espiritualidade.

Creio que antes de começar nossa conversa precisamos deixar claro a diferença entre os Ciganos como grupo Cultural-Étnico cuja origem apesar de muito estudada ainda não se encontra 100% esclarecida, seus diferentes grupos espalhados pelo mundo, alguns em boas condições materiais e outros tanto na Europa quanto no Brasil em condições críticas de saúde, educação, sustento material. Quais são seus costumes, tradições e valores? Você pode conhecer mais sobre os Ciganos visitando a página da Embaixada Cigana.

Para quem descobriu a Espiritualidade Cigana a pouco tempo muitas duvidas podem surgir. Como agir, que rituais fazer, que disciplinas seguir, etc.

Então vamos tentar responder algumas perguntas que tenho recebido!

1. Ciganos Espirituais fazem parte de uma Egrégora do Oriente regida por São João Baptista, ao qual se juntam espíritos que foram Ciganos em uma encarnação, ou que com eles conviveram e são apreciadores de sua magia. São um numero grande de espíritos que trabalham em grupos específicos de tarefas pelo bem estar e evolução do ser humano, assim como fazem outros espíritos falangeiros.

001

2.Posso colocar outros Santos e Divindades no  Altar onde cultuo meus Ciganos? Sim, pode, sem problemas, desde que sejam energias positivas que combinem entre si. Os Ciganos absorveram várias culturas e práticas religiosas de outros grupos, e essas energias se positivas, são bem vindas. Alguns Ciganos encarnados são Evangélicos, outros Católicos, a maioria Cristão. Outros grupos misturam práticas mágicas de diversas culturas e seguem as tradições de seus grupos, sempre orientados por uma pessoa mais velha e experiente.

 

3. O que devo fazer se quiser me aproximar mais e mais dos Ciganos Espirituais? Quem faz essa pergunta provavelmente já está de alguma forma direcionado para essa “amizade espiritual”. Se quisermos cultivar uma amizade temos de cuidar dela com carinho e respeito.

Seja através do Jogo com Baralho e outros oráculos ciganos, ou do trabalho espiritual com os espíritos devemos estar atentos e zelosos para fazer nosso trabalho o melhor possível, fazendo a nossa parte com estudos, pesquisas, dedicação, seriedade, ética, humildade, amor e persistência.

A prática da espiritualidade exige muito de nós, seja ela ligada aos Ciganos ou a qualquer tipo de grupo. Muitas pessoas ao buscar a prática com os Ciganos podem se questionar sobre a eficácia dessas sessões, pois são alegres, musicais, dançam, usam roupas coloridas, usam muitos adereços, etc. Não se enganem, Ciganos trabalham com seriedade e competência, essa é sua magia.

Se sentir necessidade procure um grupo sério para trocas de experiências, mas não deixe de ouvir seu coração e seguir sua intuição.

4. Se quiser caminhar junto aos Ciganos lembre-se de andar com os pés descalços, ou seja, com humildade. Cada coisa tem seu tempo, e “poderes psíquicos” não correspondem a evolução espiritual. O pior dos inimigos para quem quer iniciar-se nessa estrada é a vaidade, achar que tem dons especiais, tem potencial divinatório, que sua entidade é melhor que outras, etc. Esse é o ponto de queda do médium, uma lástima e uma vergonha para o Povo Cigano.

5. Se quiser que Sara e Aparecida olhe pra vocês, olhe para elas. São as Mães Divinas protetoras dos Ciganos. Mães Negras, Senhoras da Vida e da magia que socorre aos aflitos e aos sedentos por ajuda. A prática do amor nos torna mais próximos do Divino.

6. Existem muitas práticas de magias que batizamos de Cigana, por virem através dessa cultura, ou diretamente ensinada por algum Cigano. Mas Magia é Magia. Se quiser iniciar-se nessa arte deve estudar e não colocar sua mão de onde não poderá tirar-la depois.

7. Por fim não é obrigatório seguir um caminho iniciático para trabalhar com Ciganos Esírituais, tudo depende de nosso destino, missão espiritual e chamado interno. Quando isso acontece,aturalmente nos dirigimos para locais onde essa iniciação pode ser feita. Na espiritualidade “Menos é mais”, portanto não são os adereços e enfeites que definem a seriedade de um trabalho. Busquem um local sério para desenvolver sua espiritualidade, e enquanto esse tempo não chega, estude, leia, pratique e peça ajuda aos Ciganos do Astral, aqui vale o ditado, quando o discipulo está pronto, o Mestre aparece. Seja um buscador sincero e certamente as portas se abrem, e saiba que por maior que seja o cargo que ocupe na espiritualidade, somos todos simples operários no cumprimento do dever!

Se for de seu interesse clique nas palavras e será direcionado para outros textos que podem interessar:

Altar Cigano, Ciganos Espirituais, Magia Cigana

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Leitura diária com Cartas de Jogar

Papel2

Quer conhecer melhor as Cartas de Jogar?

Um jeito legal é tirar o jogo do dia, que pode ser uma carta ou um conjunto dando sequencia a uma idéia ou conselho.

Verifique se existe mais cartas vermelhas ou pretas, ou ainda um equilibrio entre elas.

Como começam e terminam as sequncias. Se começa com cartas pretas e ficam vermelhas apontam melhorias, caso contrário é mais dificil!

Se o assunto é do seu interesse leia os outros artigos sobre Baralho comum aqui do Blog!

bjus

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Atendimento On-Line

Olá amigos, tudo bem?
Passei um período sem atender com Cartomancia on-line, e sempre que me perguntavam quando voltaria a fazer isso eu não tinha uma resposta concreta para dar. Precisei acomodar e ajustar muitas coisas para que esse momento pudesse acontecer, e principalmente me disciplinar quanto a horários e a forma de trabalhar.
Pretendo atender "uma vez por semana" em dia e horário a ser definido ainda, e logo que tiver estabelecido essas condições vou compartilhar com vocês!
Está tudo entregue nas mãos de Sara e dos meus amigos espirituais para que o melhor se faça para todos nós!

 Alegre

 

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Esperança, um sentimento que nos move: O tratamento vai dar certo?

Quem nunca perdeu seu olhar na linha do horizonte procurando por um fio invisível que lhe resgatasse a esperança?

Maior o problema, maior a necessidade que temos de ultrapassar os limites e nós seres humanos nos apegamos no sentimento que ajuda a aguardar os próximos acontecimentos. As vezes de tal forma intensa que as montanhas se movem e uma luz nasce na escuridão.

thorvaldsen_the_goddess_of_hope_1859

Uma resposta positiva, um aceno de melhorias vindouras, uma expectativa mínima que seja de progresso, já nos faz capaz de retomar o folego e seguir por mais algum tempo.

Esperança não custa nada, é benevolência divina, as vezes vem de fora como um ato de compaixão que nos acende o otimismo e ajuda a caminhar. Esperança e fé andam tão juntas, tão perto, e quando se encontram e se fortalecem as vezes vemos um milagre acontecer.

Tudo isso dito para falar de três cartas: Bouquet, Cegonha e Cão, e da pergunta que foi feita: O tratamento de X terá sucesso?

091718

(Lisa Lenormand )

As Cartas apontam uma perspectiva positiva. Vamos ler como uma frase na sequencia do tempo: Inicio do tratamento, meio do tratamento (fase atual) e conclusão do tratamento.

Podemos ver que o tratamento veio trazendo um alívio, alguma esperança e alegria. Para quem sofria, mesmo que não acreditasse plenamente em uma cura, o Bouquet traz uma renovação da esperança e um certo alívio e leveza, necessários para ultrapassar uma fase difícil. “Sou merecedor desse benefício, alguém se interessa pelo meu problema, sou cuidado de algum forma, meu emocional está sendo tratado”…

Na sequencia temos a Cegonha uma carta que traz mudanças, movimento de uma condição para outra, pede atividade para a qual nem todos estão preparados, mas ela vem deslocando o eixo, a “moradia” interna do consulente. Para mudar coisas são encaixotadas, escolhas devem ser feitas, direções novas são tomadas, comodismos são rompidos, zonas de conforto são deixadas para trás. Esse é o momento atual, muito dinâmico e que exige disposição e energia para que a mudança ocorra.

O que virá? O Cão, esse amigo fiel mostra que o tratamento ainda persistirá por um bom tempo. O cão não abandona seu amigo. Aqui pode representar a fidelidade ao tratamento e a cumplicidade e parceria que se estabelece entre cliente e médico, essencial para que tudo dê certo. Não basta tomar o remédio, mas ser honesto e verdadeiro em relação a tudo, expor ideias com clareza, não deixar que medos e mágoas se oponham a luz da verdadeira parceria.

E a esperança? Ela é a última que morre, pois sem esperança não vivemos, da mesma forma que sem amor verdadeiro e fé nossa passagem por esse mundo fica empobrecida de sentido e perspectiva!

Bjus e luz para todos nós!

Que as Mães Divinas Sara e Aparecida nos protejam!

 

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Posso jogar para mim ou vou “queimar a mão” (perder a sorte no amor)?

fogo (1)

A Cartomancia e muitas práticas místicas estão cercada de lendas que fazem parte do imaginário popular: Homem não pode abrir cartas, jogar para si mesmo faz perder a sorte no amor, suas cartas tem que ser consagradas por outra pessoa mais preparada espiritualmente, seus objetos de culto tem que ser batizados por outra pessoas, etc e tal.

O que mais me chama a atenção é que esses ditos tem  elementos de ligação como “MEDO” , “PRECONCEITO”, ambos irracionais e que fazem parte de nossa educação que não preza por ser libertadora, mas repressiva, controladora e cheia de mentiras que podem ser usadas sempre que conveniente for. Pior ainda quando há nisso algum interesse em tirar vantagem financeira sobre os outros Smiley triste!

Imagino o motivo de alguns desses mitos, pois educar dá trabalho, envolve um despertar da consciência e o consequente e necessário uso da responsabilidade. Ser atento, vigilante e decidir por conta própria o caminho a seguir é sempre difícil, mas é uma forma positiva de crescer e evoluir e libertar-se.

Por outro lado, amedrontar poupa tempo, pois imobiliza o outro numa paralisia emocional, difícil aparecer um corajoso que ouse desafiar as consequências, ainda mais quando elas estão vinculadas a subjetividade das emoções. Hoje os tempos são outros,  já podemos comer manga e beber leite sem morrer cinco minutos depois, assim como podemos jogar para nós mesmos sem queimar a mão, ou seja, perder a sorte no amor, também vemos que homens podem abrir as cartas sem que isso seja considerado um sacrilégio, e além de nenhum meteoro cair sobre suas cabeças, os Cartomantes que conheço estão fazendo sucesso e estão muito felizes graças à Deus!

É bom deixar claro que dentro das práticas esotéricas, alguns rituais estão ligados a preceitos, abstinências, etc, mas tem fundamento, não é coisa aleatória com um único objetivo de criar constrangimentos ou impedir a realização de algo.

Geralmente fazemos abstinências, por exemplo quando precisamos limpar e deixar os corpo físico, astral e mental mais sutil, menos agregado de energias densas, ou vinculados a desejos que dificultariam atingir um certo objetivo durante um rito de magia, ou por exemplo escolher hora e local propício, alinhado com um momento cósmico adequado, etc..

Abrir as cartas para si mesmo exige muita atenção e certos cuidados , em alguns casos redobrados, para que nossos sentimentos não sejam interferência negativa por conta de um estado emocional inadequado.

Jogar para si mesmo é muito positivo, ajuda a criar intimidade com as cartas, nos permite ter uma impressão pessoal de como o Arcano interage com nosso psiquismo, nos ajuda a descobrir o funcionamento de novos métodos e inclusive a criar alguns métodos próprios para determinados assuntos.

O único ponto que precisamos estar atentos é verificar se estamos capacitados e disponíveis para lidar com determinado assunto, se nosso estado emocional esta adequado para abrir o jogo, se estamos prontos para lidar com as respostas, para não ter que tirar mais e mais cartas para que enfim saia a resposta que deseja ouvir, ou que “torça” a força simbólica do Arcano até que um Rato (23) vire um Cão(18) fiel.

Se for jogar para si mesmo, faça com seriedade, humildade para aceitar o que as cartas dizem, seja corajoso e fiel ao recado que elas trazem, pois são sagradas e estão em correspondência com as leis do universo.

No mais, relaxe, treine muito e aproveite as lições que as cartas trazem!

Outra dica: faça perguntas bem elaboradas (simples e objetivas), anote seu jogo e acompanhe, troque informações sobre suas leituras, e se houver um assunto por demais delicado para o qual não se sinta preparado, procure alguém que abra o jogo para você. Os Cartomantes fazem isso, essa é uma prática muito saudável!

Desejo sorte e felicidade, e muitas bênçãos da Mãe Divina!