Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ela, a periguete Cobra, Arcano 7 do Baralho Cigano!

Desculpem os que não gostam  do Arcano Serpente, a Cobra Venenosa do Lenormand…mas vou falar bem dela. Sabe porque?
Por que de santo e de louco todo mundo tem um pouco, e lá em algum lugar de nós, ela dorme enroscada na base da coluna vertebral como uma energia latente e basta uma oportunidade apenas para que ela como Kundalini parta para uma aventura tresloucada na vida espiritual chegando às visões transcendentais do Nirvana, ou se divirta muuuuuito no campo das divinas tentações humanas.
Vamos brincar e imaginar:
“Hoje ela acordou assim, deslumbrante, linda e sensual. Ao levantar da cama pensou, uhmmm…hoje é meu dia! Ai meu Deus, ela pensa assim todo santo dia!
Deslizou da cama para viver mais um dia de cobra, e se prometeu conquistar, custe o  que custar tudo aquilo que tem por direito. Deus sabe o que essa venenosa cabeça pode desejar hoje…
Saiu de casa vestida para matar, seduzir, encantar, ou simplesmente linda e descuidada (hum…mentira!) em seu jeans simplesinho, mas cheio de um encantador charme fatal.
A Cobra saiu de casa com seu andar sinuoso e insinuante. Foi pro trabalho ou foi pra balada? Será que tem diferença? Afinal o que é um limite para quem vive transgredindo as regras?

Ao abrir sua boca o que se pode esperar? Um canto de sereia, um som hipnótico que sabe alcançar o que deseja, a distancia certa entre o objetivo e o salto, o ato de induzir ao erro e ao engano, a malícia enigmática que seduz e  gera um encanto obsessivo?
Pode ser que sim! Mas pode ser apenas um hábito de quem precisa afirmar a si e ao mundo que tem poder para chegar onde quer, com maça ou sem maçã, nem sempre a serpente é tão obvia como em alguns personagens emblemáticos do nosso imaginário.
Mas ela é parte do ser humano, se não fosse, não estaria representada em um Oráculo, uma Vênus, uma Deusa, uma força instintiva e irracional que mesmo quando adormecida, jamais será inocente ou domesticada. Melhor não negar sua realidade, feliz de quem se entender com ela!
Afinal o mundo não é a visão do Paraíso, e até as Cobras tem direito a vida!
Nosso mal hábito de viver com o dedo indicador apontado na direção do outro faz da Cobra um personagem perfeito para polarizar nossos mais secretos medos: ter o amor roubado por outrem, ser traído ou trocado por uma pessoa irresistível, ser vitima da maldade alheia, ter de constatar a triste verdade de viver com a sexualidade empobrecida pela culpa!
Ter a Cobra como rival não é uma boa idéia, mas transformar a Cobra em vilã, ladra do amor alheio, língua venenosa é empobrecer seu digno lugar de apenas representar uma faceta daquilo que existe em todos nós.
Quando encontrar a Cobra em seus jogos, cuidado, atenção! Avalie melhor antes de apedrejar a pobrezinha e julga-la como a culpada de todo mal que acomete a consulente, afinal, quem pode dizer se a cobra não está sentada bem ai na sua frente?! Ou você nunca ouviu de alguém a inocente pergunta “Você conhece um trabalho para separar fulana de fulano…”?
Um pouquinho de gentileza é o suficiente para dar tempo de vermos com mais razão aquilo que a Cobra representa. Em vez de julga-la e mata-la a pauladas, experimente olhar as cartas ao redor e descobrir se a o que ela diz não pode ser de bom uso para orientar uma mudança de atitude do outro.
cobra-e-maca-fruto-proibido-3c38e Talvez a Cobra queira apenas dizer: Acorda, libere a mulher fatal ou o homem sedutor que vive ai em você, deixe de criticar aquilo que você nunca ousou e desconhece, mas lá no fundo da alma deseja ser…
Pronto falei!
Bom fim de semana amigos da Tzara. Que Sara nos conduza a salvo dos verdadeiros perigos nos alertando a cuidar melhor de nós e dos outros!
div23

domingo, 22 de abril de 2012

Se meu Pai é Ogum…Salve São Jorge!

Salve São Jorge, Salve Ogum!

Obrigada ao nosso Pai Ogum, que com sua energia guerreira nos faz combatentes vitoriosos na batalha de cada dia…

Pontos de Ogum

Quem está de ronda é São Jorge
São Jorge é quem vem rondar
Abre a porta, ô minha gente
Deixa a falange de São Jorge entrar
Quem está de ronda é São Jorge
Toda noite, todo dia
Quem está de ronda é São Jorge
Nossa Senhora da guia
Quem está de ronda é São Jorge
Minha mãe diga o que é
Quem está de ronda é São Jorge
Velando os filhos de fé

Eu tenho Sete espadas
Pra me defender
Eu tenho Ogum
Em minha compania

Ogum é meu pai
Ogum é meu guia
Ogum é meu pai
Fico com Deus
e com a Virgem Maria.

Que tenhamos mais um ciclo sob a proteção desse irmão ferramenteiro!

Patacori Ogum!

sábado, 21 de abril de 2012

Quem dera ser um Peixe para em seu límpido aquário mergulhar…continuação! (Letra do Fagner)

Olá amigos!

O post sobre a cartomancia visual com o Arcano Peixes rendeu excelentes comentários e meus amigos permitiram compartilhar aqui para que todos nós possamos aproveita-los.

O link para o post anterior é: http://tzaradaestrela.blogspot.com.br/2012/04/os-peixes-carta-34-do-baralho-cigano-na.html

Nesse post falávamos do Arcano Peixes e em especial de uma combinação, Peixes + Coração. Deixei por lá algumas opiniões e nos comentários dois amigos deixaram uma contribuição valiosa, que pode ser útil para os amigos do Petit Lenormand.

Um comentário foi da Dalila Tiago: Sonia, é claro que as respostas vão depender do tema e das outras cartas presentes, mas geralmente quando o tema é amor e vejo Coração+Peixes penso na abundância desse amor, excesso de sentimentalismo ou a materialização de um amor esperado. Penso nos peixes como uma carta de abundância e prosperidade…”

O Outro comentário foi do Emanuel Santos, que tem um Blog maravilhoso, http://conversascartomanticas.blogspot.com.br, que eu adoro visitar.

O Emanuel deixou o seguinte comentário:

Quando saem as cartas 24+34, curiosamente vejo um amor de natureza prática, que se reflete na materialidade do gesto. Eu não digo "eu te amo", mas compro um presente para você.
Em relações emocionais, sempre aponta para mim mais para a estabilidade e praticidade na manutenção do compromisso que na manutenção dos sentimentos. Amor não paga contas...
Eu diferencio riqueza de prosperidade. Prosperidade eu vejo na carta 05, Árvores. É sempre um renovar das habilidades de florescer e potencializar. Agora, nos Peixes, eu vejo a materialidade mesmo, a questão prática. Nas Árvores eu vejo os investimentos, nos Peixes os dividendos. Isso em qualquer área.

Obrigada queridos pelos seus comentários! Me fizeram pensar o quanto é gratificante ter esse espaço aqui, em bem na energia dos Peixes podemos materializar e gerar “lucros” afetivos, intelectuais e espirituais quando nosso aplicação foi bem sucedida.

Em algumas leituras que fiz encontrei essa combinação 24 +34 como uma relação valiosa, algo que tem um caráter precioso, tipo “meu tesouro”, que de alguma forma preenche desejos e necessidades sejam de ordem afetiva ou material.

Agora um trecho da música do Fagner, que grudou na minha cabeça desde que comecei a escrever aqui…rsss!

Quem dera ser um peixe
Para em teu límpido
Aquário mergulhar…

Um peixe
Para enfeitar de corais
Tua cintura…

“ Obrigada amigos por enriquecerem a Tzara da Estrela com suas participações valiosas. Amor, amizade, consideração e respeito são valores que transcendem e nos levam para um outro nível de experiência de vida e de relacionamento!

Grata a vocês Dalila e Emanuel, grata a todos os amigos que escrevem seus comentários e grata aos Mestres que nos conduzem os passos!

Bjus carinhosos e prosperidade para todos!”
Sonia

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A Montanha e a Chave numa orientação para a semana…

foto (21)

Olá amigos da Tzara!

Tive a última semana cheia de imprevistos, e para adoçar meus passos nessa semana que começa pedi um conselho, uma orientação nas Cartas Ciganas, para que elas me ajudem a caminhar com os olhos dirigidos para além das aparências!

As duas cartas que tirei foram a Montanha e a Chave… image

A primeira coisa que me perguntei foi qual seria o tamanho da montanha, depois que tipo de desafio está no meu caminho e me senti grata pois a Chave está apontando uma saída!

Me pergunto de que material será feito a montanha dessa semana? Uma montanha de tarefas, de problemas, de preocupações e pensamentos, de sentimentos ou trata-se de um caminho espiritual a percorrer? E me ocorre que os enfrentamentos já tem sua medida, e não me cabe acrescentar sequer um centímetro no tamanho dessa montanha seja ela qual for…

Todas essas coisas ilustram o mundo mágico e impressionantemente variado do Petit Lenormand nosso Baralho Cigano, e tantas possibilidades que posso explorar nesses dias. Será que como num bom caminho iniciático essas cartas me avisam para não fazer  drama com o tamanho do desafio e não me assustar ou desanimar na caminhada?

LGIM0080LGIM0078  (Não acredita? Eu! escalando uma montanha aqui na Floresta da Tijuca, guiada pelo meu filho, claro!)

Pode ser! Ao olhar a Montanha em toda sua majestade e consistência nos sentimos pequenos, minúsculos as vezes, e nem sempre nos encontramos preparados para fazer a subida, conquistar seu topo e admirar o que se vê abaixo dela. Essas fotos lembram o dia que fui subir uma das montanhas da Floresta da Tijuca, meu paraíso pessoal. Parecia uma tarefa demais difícil para uma pessoa despreparada como eu, mas algumas palavras de incentivo do Diogo me fizeram persistir! Ele dizia a toda hora: “Mãe, você não imagina a vista que a gente tem lá de cima!!!…

Mas como uma orientação de vida, iluminando os passos que darei, me dou conta que para solucionar qualquer problema e para encontrar saídas lucidas e equilibradas, nada melhor do que me preparar e traçar um roteiro para os dias que seguem…não é fácil para mim, não sou exatamente uma pessoa rotineira e organizada, mas nesses dias vou usar uma agenda e cuidar melhor da vida, vou ser meu próprio “Guia” nessa escalada!

Se pudéssemos comparar, subir a montanha equivale a crescer em consciência sobre algo, e essa conquista se faz  no caminho, passo a passo. Vamos construindo uma nova trilha para fora de nossas experiências rotineiras e outra trilha para dentro de nós mesmos, e aquilo que era aparentemente impossível ou muito difícil de se conquistar é alcançado, pois toda escalada começa com um primeiro passo.

21%2520mountain +33%2520keys :

A Montanha conquistada, no topo está a Chave, para com ela nas mãos decidir sabiamente as portas que precisam ser abertas e as melhores decisões e soluções para tomar! Acredite, a maior das Montanhas parece bem menor quando estamos no trajeto de volta, com aquela sensação de dever cumprido.

Agora é deixar os dias seguirem com toda a paz que houver em mim, com a certeza de que existem estrelas no céu iluminando o trajeto de cada um de nós, e as melhores soluções para os piores desafios sempre estão disponíveis para quem não desiste da procura!

Lembrando do querido Filósofo Kierkegaard: “Aventurar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo. Aventurar-se no sentido mais amplo é precisamente tomar consciência de si próprio.”

Montanha + Chave: Enfrentando desafios para encontrar saídas!

Que Sara conduza nossos passos hoje e sempre!

 

domingo, 8 de abril de 2012

Renascer na Páscoa

Todas as promessas de felicidade estão guardadas no segredo de nossa alma, esperando apenas que sejam despertadas por um momento criativo da consciencia…

Espero que todos possamos despertar do sono amargo das ilusões e acordar para a realidade de nossa alma!

Bjs e felicidades!

sexta-feira, 6 de abril de 2012

A Cruz …

cruz

Já se perguntou porque a Cruz, Arcano 36 do Baralho Cigano encontra-se na ultima posição do deck?

Eu me faço essa pergunta sempre! Inicio e fim, espelho facetados de uma mesma realidade, o Homem e sua Cruz. Precisamos de uma jornada inteira para compreender profundamente o sentido da Cruz.

Divinos e profanos seguimos nossa jornada em cada encarnação lidando com a vida como nossa consciência nos permite. Olhar a condição humana e perguntar-se sobre ela, poder questionar no mais fundo da alma sobre os mistérios que ela viveu ao longo do caminho, já é um bom começo para um Iniciado. O Iniciado dará 36 longos passos para chegar ao destino final do Lenormand, o Arcano Cruz, do qual ninguém está isento!

B_LN_-_36_Cross

Inquietos, insatisfeitos, buscadores de todos os credos olhando para a marca no centro, para a intercessão de duas retas, uma horizontal e outra vertical, onde juntam-se ligadas pelos anseios humanos, a marca kármica que devemos carregar pela vida, nossa Cruz pessoal e intransferível. As Leis Herméticas nos lembram que assim como está em cima, está embaixo! Hoje, tempos modernos, a Cruz mudou de nome, chama-se mala, e ouvimos dizer que cada um carrega sua mala, e alguns a empurram com a barriga…detesto isso.

Card36

A horizontalidade da Existência mortal e passageira e a verticalidade da experiência Divina são uma espécie de DNA cósmico, que afeta a todos os humanos que passam pela experiência que chamamos vida. Alguns desses nossos Irmãos mais velhos vão deixando registrada a sua estória, vida, exemplo, porque tornaram-se Mestres de si mesmos, e aprenderam a viver no centro da Cruz, não mais pregados em Cravos de ferros ensanguentados, mas pela percepção consciente e superior de que “São Deus” e por isso são livres.

Da imperceptível monada, espelho da divindade em nós ao homem e sua jornada espiritual, vamos admirando a Cruz e descobrindo que seu peso se torna mais leve quando  compreendemos o sentido de nossas dores, a real afinidade que temos com nosso campo vibratório e o que agregamos como valor em nosso caminho, quem somos e para onde vamos, o que queremos para nossas vidas.

croix

Ainda estamos pregados na Cruz, ainda levamos as chibatadas ou estamos aprisionados em nossas trevas emocionais? Ainda nos flagelamos buscando todo tipo de sofrimento e dor, viciados que somos em sofrer e sermos vitimas desse mundo cruel? Nos associamos a pessoas desumanas, que nos pisam os sentimentos e escolhemos para viver nossos sonhos justamente com aqueles que nos traem pelas costas?…Hoje é um bom dia para pensar nisso!

Precisamos da Cruz que carregamos? Podemos deixa-la mais leve, podemos pedir ajuda para carrega-la, podemos ajudar a levar a cruz do próximo? Será que existe alegria verdadeira em ser o primeiro a livra-se da sua Cruz enquanto tantos sofrem?

O Mestre, consciente de sua Divindade libertou-se daquilo que nunca o aprisionou, mas deixou de um jeito bem humano um enigma místico que pode ser desvendado pela compreensão da Cruz, não aquela que nos tortura e fere, mas aquela que nos faz vitoriosos sobre nós mesmos quando podemos ver além das aparências!

Desejo aos meus queridos amigos da Tzara dias luminosos, vidas que possam se orgulhar num próximo momento, paz além da compreensão e um belo renascer na  fraternidade. Feliz Páscoa!

 

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Os Peixes, Carta 34 do Baralho Cigano na Cartomancia Visual !!!…

34%2520fish 068ac34_b 33 9_Kaart_peixe

Quanta fartura há no mar, tantos peixes que não dá para contar…e nesse espírito de fartura tudo no mundo dos peixes se torna ouro!

Pão, vinho e peixes se multiplicaram pelas mãos do Mestre Jesus, e dessa forma um oceano de abundancias saciou a fome e a sede de muitos.

Carta Tema de assuntos financeiros os “Peixes Dourados” do desejo de possuir, nos indicam se haverá sucesso nos investimentos do nosso rico dinheirinho…ou não!

 ou

 

Na equação racional do Arcano Peixes o resultado conjuga o verbo ter, a contabilidade de oportunidades, de ganhos e de posses que nos ajudam a trafegar pelas estradas do Mundo Material. O Amor? Hum…deixa eu pensar…passou longe!

E se encontrássemos uma combinação Peixes (34) e Coração (24), poderíamos dizer que não existe amor verdadeiro nessa relação? Quem pode julgar o jeito de amar de cada pessoa?!

Podemos dizer que o amor transita por caminhos onde o interesse passa por uma necessidade maior de estabilizar o bolso, para depois estabilizar o coração?! Melhor não julgar, mas essa relação dá indícios de ser superficial, mesmo que prazerosa em alguns aspectos.

Afinal o homem não coloca o peixinho dourado no aquário apenas pelo prazer de ver sua beleza?

 

O Arcano 34 vale algumas reflexões, tudo é bom na medida em que não nos aprisiona ou não consome nossos princípios e ética. Qualquer energia “Peixe”  alimentada em demasia pode devorar ou aprisionar o próprio dono!

Que nossa estrada seja iluminada pela LUZ de Santa Sara!

Bjus e paz no coração dos amigos da Tzara da Estrela!