Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Rosas para minhas lindas Ciganas...




Para vocês, com todo meu amor:
Uma rosa amarela para a Cigana Estrêla do Oriente e uma rosa vermelha para a Cigana das Rosas...
Obrigada meninas, amo vocês...

MAGIA DO AMOR


LEMBRE-SE: MAGIA É VIA DE MÃO DUPLA, E ATÉ QUE SE PROVE O CONTRÁRIO, A MAGIA MAIS PODEROSA É O AMOR!
DOE AMOR, DESEJE O BEM PARA O PRÓXIMO E VERÁS A MAGIA DA PAZ ACONTECER EM SUA PRÓPRIA VIDA...
"ESTRÊLA DA CIGANA"

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Baralho Cigano: Carta 08/ O Caixão/ Nove de ouros

O Arcano das Perdas









Quem nunca viveu uma perda dolorosa, que trouxe uma mudança radical em sua vida?




É disso que estamos falando!




A Carta 08 do Baralho Cigano nos traz a experiência das perdas radicais que sinalizam o fim de uma etapa, seja ela material, emocional, afetiva ou mental.



Seja lá o que for, é o prenúncio de que a experiência ,e consequentemente o karma ligado a ela, chegou ao fim.




Dificilmente passamos por essas situações sem experimentar a dor da angustia ou a dor dos apegos... mas perdas fazem parte da vida, e tem em sua contraparte a possibilidade de abrir um horizonte para novos recomeços.



Quando esse Arcano se apresenta, ele informa que algo em nossa vida chegou ao fim.

Este fim se dá, porque um ciclo se fechou e aquela experiência completou sua finalidade em nossa vida.

O que havia para ser aprendido já o foi, o que havia para ser vivido já o foi...é o amor que terminou e não há chances de recomeçar, ou o bem material que foi definitivamente tirado de nós, ou alguém que deixará esse plano terreno e fará a grande viagem, ou ainda sofrimentos, afastamentos e doenças que podem ser de difícil solução.



Muitas pessoas o temem porque o relacionam diretamente com a morte, mas seu sentido esotéricamente falando é bem mais amplo.



Tememos o novo e por vezes insistimos em coisas já fracassadas e deterioradas, a Carta 08 nos mostra que é hora de deixar ir...para colher os frutos do Dez de ouros!






O Nove de ouros nos remete ao sucesso e a prosperidade no campo da matéria, com a condição de poder concretizar objetivos que antes não eram possíveis!


Resumo: Carta Negativa, para alguns representa a Linha das Almas e outros a consideram ligada aos Eguns.

Representa as perdas necessárias e a transitoriedade a qual estamos todos submetidos. Fala da impermanência das coisas materiais e de nossa necessidade de ver as coisas sob um prisma espiritual. É bom lembrar que as dores e as perdas muitas vezes surgem como resgates Karmicos, necessários para nossa evolução.




domingo, 15 de fevereiro de 2009

Ciganos, nossos irmãos esquecidos...


"Reconhecimento do Genocídio dos Ciganos na Segunda Guerra mundial"
Este Memorial construído na França, traz a justa homenagem aos muitos Ciganos que perderam suas vidas em Campos de Concentração.
Como esse fato não é muito divulgado, e os Ciganos por sua forma de viver vão deixando para trás as dores que sofreram, e também por não ter como hábito o registro gráfico de suas experiências, muitos não sabem o que esses irmãos já passaram pela vida.
Amamos os Ciganos Espirituais, mas creio ser igualmente importante lançar um olhar para os muito preconceitos e discriminações hoje ainda vividos por nossos irmãos encarnados.
Olhar além das aparências pode nos ajudar a ver um sentido maior no exemplo de Fé e Esperança que seu modo de vida nos mostra.
De nada adianta o holocausto e as tantas perseguições se nada aprendermos com isso.
Em todos os tempos a intolerância e o preconceito são a pior doença, mas por outro lado o Amor sempre será o melhor remédio e a única cura possível para a humanidade.
Com todo Amor e Respeito,
Aos meus irmão Ciganos.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Baralho Cigano: Carta 07/ Serpente/ Dama de Paus




Carta 07 Cobra Dama de Paus


Esta Carta de aspecto negativo tem a importante função de nos lembrar que nem tudo são flores no caminho. A Cobra criatura rastejante e silenciosa, de aspecto dúbio e de duplo sentido, traz seu alerta para ficarmos atentos a o nosso redor, de modo a verificarmos quem são nossos próximos e ao mesmo tempo de olharmos para dentro de nós mesmos avaliando qual nossa conduta costumeira ao lidarmos com os outros.
A serpente, cheia de simbolismos representa a força e a vitalidade que existe na sexualidade, o fogo impulsionador de energia na mística Kundaline, como representante da Medicina nos diz que está alerta no eterno combate entre a vida e a morte. Pode trazer a consciência que o bem é transitório, e que o veneno mortal pode arruinar a mais saudável das pessoas, a mais bela das relações, afinal quem não ouviu falar da língua venenosa que algumas pessoas tem?
Se esse Arcano aparecer em uma tiragem é sinal de alerta. Pode ser que em breve você venha a experimentar as desventuras de uma traição ou o contato com pessoas não confiáveis, ou talvez indique que em certas situações é preciso olhar bem por onde caminha pois podes estar transitando por caminhos não muitos seguros ou que terminam em aborrecimentos e brigas.
A Serpente fala de amores cheios de erotismo e sensualidade, trazendo arquétipo da dama de Paus, mulher de sensualidade marcante que sabe o que quer, podendo mostrar-se ameaçadora para que tem uma relação estável. Em muitos casos ela é a outra, que sabe o que quer e como conseguir
.
Resumo: Carta Negativa, prenuncio de conflitos, problemas, aborrecimentos que podem envolver algum tipo de prejuízo ou perda. Pede atenção ao momento e aos relacionamentos em geral.
Orientação: Devemos olhar por onde caminhamos e escolher com bons critérios as pessoas que chamamos de "amigos". Os conflitos que vivemos são grandes oportunidades para amadurecermos e os amores que perdemos por conta de uma traição, melhor te-los bem longe de nós, afinal foi um mal que se despediu de nossas vidas e assim após um período de tristezas estaremos mais capazes de escolher melhor amigos e amores...

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

ELEMENTAIS DA TERRA: GNOMOS E DUENDES



ORAÇÃO DOS GNOMOS

"Rei invisível,
que tomaste a terra para apoio
e que cavaste os seu abismos para enchê-los com a vossa onipotência;
vós, cujo nome faz tremer as abóbadas do mundo,
vós que fazeis correr os sete metais nas veias das pedras,
monarca das sete luzes,
remunerador dos operários subterrâneos,
levai-nos ao ar desejável e ao reino da claridade.
Velamos e trabalhamos sem descanso,
procuramos e esperamos,
pelas doze pedras da cidade santa,
pelos talismãs que estão escondidos,
pelo cravo de imã que atravessa o centro do mundo.
Senhor, Senhor, Senhor,
tende piedade dos que sofrem,
desabafai nossos peitos,
desembaraçai e elevai nossas cabeças,
engrandecei-nos.
Ó estabilidade e movimento,
ó dia envolto na noite,
ó obscuridade coberta de luz!
ó senhor,
que nunca retendes convosco o salário dos vossos trabalhadores!
ó brancura argentina,
ó esplendor dourado!
ó coroa de diamantes vivos e melodiosos!
vós que levais o céu no vosso dedo,
como um anel de safira,
vós que escondeis em baixo da terra,
no reino das pedrarias,
a semente maravilhosa das estrelas,
vivei, reinai e sede eterno dispensador das riquezas de que nos fizestes guardas.
Amém."

SALAMANDRAS: ELEMENTAIS DO FOGO











ORAÇÃO DAS SALAMANDRAS.



"Ó Imortal, Eterno, Inefável e incriado Pai de todas as coisas,


conduzido no carro que desliza sem cessar pelos mundos que dão sempiternas voltas;


dominador das imensidades etéreas,


onde está ereto o trono do teu poder,


sobre o qual teus olhos formidáveis descobrem tudo


e teus belos e santos ouvidos escutam tudo,


atende aos teus filhos,


que amaste desde o nascimento dos séculos;


porque a tua dourada,


grande e eterna majestade resplandece acima do mundo e do céu das estrelas;


estás elevado acima delas,


ó fogo faiscante;


aí, tu te acendes e te conservas a ti mesmo pelo teu próprio esplendor,


e saem da tua essência regatos inesgotáveis de luz,


que nutrem teu espírito infinito.


Este espírito infinito alimenta todas as coisas


e faz tesouro inesgotável de substância pronta à geração que elabora


e que se apropria das formas de que a impregnaste desde o princípio.


Deste espírito tiram também sua origem


estes reis mui santos que estão ao redor do teu trono


e que compõem a tua corte,


ó Pai universal! ó único! ó Pai dos felizes mortais e imortais."


"Criaste, em particular,


potências que são maravilhosamente semelhantes ao teu eterno pensamento


e à tua essência adorável;


tu as estabeleceste superiores aos anjos,


que anunciam ao mundo as tuas vontades;


enfim, nos criaste na terceira ordem no nosso império elementar.


Aqui, o nosso contínuo exercício é louvar e adorar os teu desejos;


aqui, ardemos incessantemente aspirando possuir-te.


Ó pai! ó mãe! ó mais terna das mães!


ó arquétipo admirável da maternidade e do puro amor!


ó filho, flor dos filhos! ó forma de todas as formas,


alma, espírito, harmonia e número de todas as coisas!


Amém."

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Ondinas, Iaras, Sereias e Nereidas: Elementais da água





ORAÇÃO DAS ONDINAS.


"Rei terrível do mar,

vós que tendes as chaves das cataratas do céu

e que encerrais as águas subterrâneas nas cavernas da terra;

rei do dilúvio e das chuvas da primavera,

a vós que abris as nascentes dos rios e das fontes,

a vós que ordenais à humidade,

que é como o sangue da terra,

de tornar-se seiva das plantas,

nós vos adoramos e vos invocamos.

A nós, vossas móveis e variáveis criaturas,

falai-nos nas grandes comoções do mar

e tremeremos diante de vós;

falai-nos também no murmúrio das límpidas águas,

e desejaremos o vosso amor.

Ó imensidade na qual vão perder-se todos os rios do ser,

que sempre renascem em vós!

Ó oceano das perfeições infinitas!

Altura que vos mirais na profundidade;

profundidade que exalais na altura,

levai-nos à verdadeira vida pela inteligência e pelo amor!

Levai-nos à imortalidade pelo sacrifício,

a fim de que sejamos considerados dignos de vos oferecer,

um dia, a água, o sangue e as lágrimas, para remissão dos erros.

Amém."

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Silfos e Silfides: Elementais do AR


AR FONTE DE ENERGIA VITAL



ORAÇÃO DOS SILFOS




"Espírito de sabedoria, cujo sopro dá e retoma a forma de todas as coisas; tu, diante de quem a vida dos seres é uma sombra que muda e um vapor que passa; tu, que sobes às nuvens e que caminhas nas asas dos ventos; tu, que expiras, e os espaços sem fim são povoados; tu, que aspiras, e tudo o que de ti vem a ti volta: movimento sem fim da estabilidade eterna, sê eternamente bendito. Nós te louvamos e te bendizemos no império móvel da luz criada, das sombras, dos reflexos e das imagens, e aspiramos incessantemente à tua imutável e imperecível claridade. Deixa penetrar até nós o raio da tua inteligência e calor do teu amor: então o que é móvel ficará fixo, a sombra será um corpo, o espírito do ar será uma alma, o sonho será um pensamento. E nós não seremos mais arrastados pela tempestade, porém seguraremos as rédeas dos cavalos alados da manhã e dirigiremos o curso dos ventos da tarde, para voarmos diante de ti. Ó espírito dos espíritos, ó alma eterna das almas, ó sopro imperecível de vida, ó suspiro criador, ó boca que aspiras e expiras a existência de todos os entes, no fluxo e refluxo da tua eterna palavra, que é o oceano divino do movimento e da verdade. Amém."


terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Baralho Cigano Carta 06/ Nuvens / Rei de Paus



Carta 06 Nuvens Rei de Paus



"Não se desespere, nas mais sombrias aflições lembre se que é das nuvens negras que sai água límpida e cristalina." Provérbio chinês


Com certeza todos gostamos de curtir os bons momentos em que a vida se apresenta leve e tranquila, e o céu é claro, sem nuvens a vista. Mas não seriam estes momentos de descanso apenas um intervalo? Então como agir nos momentos em que o céu fica nublado por nuvens escuras, entre raios e ventanias onde sequer podemos ver a luz do sol? Bom, não existe receita de bolo para lidar com isto mas este arcano com certeza nos faz pensar nas dificuldades que a vida nos oferece e como devemos lidar com elas.
Como não existem fórmulas certas depende de cada um de nós decidirmos o modo como lidamos com as turbulências em nossas vidas. São esses difíceis momentos que se tornam preciosas oportunidades para crescermos e descobrirmos a força interior. Dificilmente temos a real medida de nossa capacidade enquanto não fizermos a travessia da vida em meio à “nuvens” dos problemas, desafios ou incertezas.
Nesta carta as nuvens podem representar a falta de clareza sobre uma questão ou um problema que se apresenta como uma dificuldade a ser superada, ou um desafio a ser enfrentado. Muitas vezes vemos os problemas bem maiores e piores do que realmente são, e não é improvável que nossa emoção nos cause tal estado de confusão interior que acabe por afetar nossa capacidade de julgamento. É bem comum associarmos as nuvens negras aos pensamentos pessimistas que rondam nossa vida trazendo insegurança e desânimo. Nessas horas precisamos escolher que direção tomar: desesperamos-nos ou seguimos em frente, nos deixamos abater ou prosseguimos investindo em nossos ideais?
O Arcano das nuvens traz em si a mais bela mensagem de todas, ele nos faz refletir sobre a Fé como ferramenta mágica da vida. Sem fé não vamos a lugar nenhum, e a fé é o sol que está presente no firmamento, por trás das pesadas nuvens, sempre a brilhar e a irradiar vida e esperança para todos nós. Quantas coisas poderiam ser transformadas, se no auge do temporal, pudéssemos ver que tudo não passa de uma ilusão, uma passagem breve da ser pelo inevitável momento sombrio da vida?

Resumo: Carta Negativa

Esta carta representa as turbulências que ocorrem na vida de todos nós, que se apresentam como nuvens passageiras, impedindo que possamos ver com clareza e objetividade qual o melhor caminho a seguir, qual a atitude apropriada para o momento, como consequência corre-se o risco de agir ou julgar impulsivamente levando a conclusões erradas sobre um assunto. Na Umbanda representa Iansã.

Orientação: Considere que nada na vida é permanente, nem a alegria e nem a dor. Adversidades são aspectos naturais no percurso de uma alma que evolui, em meio as dificuldades , busque sua fé como um porto seguro enquanto as situações naturalmente se equilibram.