Páginas

Que Sta Sara abençoe nossos caminhos!

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Método de leitura com três opções de escolha

Oi amigos!
Desculpem o vídeo, vocês merecem algo mais profissional!
Mas estava gravando para ensinar um amigo e resolvi compartilhar na página do Facebook.
Deixo com vocês o link do vídeo, com um método bem interessante.
Esse jogo foi apenas para exemplificar é claro, não fiz uma análise profunda para não alongar o vídeo.
Obrigada a todos e uma boa tarde!
Bjs
Sonia Boechat Salema
https://youtu.be/VTVujOzqWew

Já conhece nossa página no Face? Cartomancia Tzara da Estrela

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Treinando com as cartas para ficar com olhos de águia!

A águia é uma excelente caçadora, tem uma visão excepcional e voa alto para observar onde está aquilo que precisa ser visto...

Isso na águia é inato, faz parte de sua natureza instintiva para sobreviver, para nós humanos é diferente. Precisamos treinar nosso olhar para ver melhor,  apurar os sentidos para chegar onde queremos, confiar na intuição para que ela possa auxiliar quando for necessário, estimular a inteligencia e a sagacidade estudando de montão.

Mas tenho visto algo que me chama a atenção, especialmente quando se trata de leitura de cartas. Em um ponto do estudo a capacidade de ir além não flui, não acontece, e a conjugação de elementos ( sujeito, ação e qualidade da ação ou resultado) não acontece.

Esse é um dos motivos que me faz questionar a decoreba dos significados e combinações entre pares de cartas. Se não há a vivencia do simbolo, um aprofundamento em seus mecanismos de ação, não será fácil ler uma frase cartomântica. Tem que se dedicar!

Aqui seguem algumas dicas que podem ajuda-lo a dar um voo panorâmico sobre as cartas do jogo:

* Lembrando que tudo começa com a mente serena e o coração em paz, uma pergunta simples e bem formulada, com o oráculo de sua preferencia e com um método que seja apropriado ao que você deseja ver respondido.

1. Tudo começa no consulente: veja se ele está presente no jogo. Esse é o alerta vermelho, onde seus olhos de águia devem olhar.

2. Observe se a carta tema ( tema do jogo ou outra carta temática) está presente. Pode ser que sua resposta esteja ali!

3. Olhe se entre as cartas existe a predominância de cartas que contribuem para uma resposta positiva ou negativa para o consulente. Ai mora o "tom da leitura".

4. Em jogos maiores observe a carta que começa e a carta que termina em cada canto do jogo, geralmente essas 4 cartas falam sobre a situação que cerca o consulente ou dão dicas sobre o tempo do jogo.

5. Observe para onde a carta  do consulente "olha"! Temos pistas aí!

6. Exatamente como na leitura de um texto, precisamos de pausas, virgulas, que nos permitem respirar. Na leitura das cartas também é assim. Desenvolva a sensibilidade e veja onde as pausas caem, provavelmente nas duplas ou trios. Fique atento!

7. Em linhas de 5 ou 7 cartas observe a carta do meio , veja o panorama geral antes e depois dessa carta. Assim você terá uma percepção bem interessante do antes e depois do ponto nevrálgico da leitura. Fica mais fácil apontar um prognóstico correto.

No livro Dona Maria Mulambo - Oráculo, símbolos e magia, temos muitas páginas dedicadas ao aprendizado da leitura das cartas. O livro fala dos símbolos deste baralho, mas os conceitos de cartomancia se aplicam ao entendimento do jogo e dos símbolos.

Você já curtiu nossa página no face? É pra curtir e salvar, assim você estará sempre atualizado.

https://www.facebook.com/tzaradaestrela/

Bom queridos, por hoje é só!
Bjs, paz, gratidão e boa cartomancia sempre!
Sonia Boechat Salema
#cartomanciatazaradaestrela




sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Minha casa é visitada por espíritos?

Você já sentiu que em sua casa tem alguma interferência espiritual densa?
Ou já percebeu que em determinados lugares que frequenta, a energia é pesada, sombria e as pessoas que moram ou trabalham  ali vivem episódios de desânimo, cansaço crônico, insônia?

Percebo que as pessoas gostam de se referir ao "outro lado" quando falam de quem já partiu, mas não é exatamente o outro lado, é o "outro plano" que coexiste com o plano material, onde por enquanto habitamos. Nós também visitamos o plano astral quando dormimos, sonhamos, em transe! Nós encarnados, vamos e voltamos.

Alguns prédios, casas, e ambientes podem ser mais densos e ter seus habitantes do astral fixos por pensamentos, desejos, e outras razões. Permanecem ali porquê ainda não ganharam luz e evoluíram como é de se esperar, isso é um fato!

Se somos videntes, médiuns com algum nível de percepção, muito provavelmente vamos ver ou "sentir" alguma coisa que denuncie essas presenças, como um mal estar, um ambiente mais frio na casa, um odor desagradável.

Enfim vamos ao nosso caso de estudo!  Essa semana atendi uma pessoa que pretende mudar-se de casa no momento oportuno e acabamos por olhar as cartas para ter um panorama mais objetivo das energias que cercam sua residencia atual, que segundo a cliente ela percebe que tem um ar pesado, que é sentido logo que adentra ao prédio.

Optei por um método simples, o Overwiew Spread, ou Método de visão geral. Gosto muito desse método criado pelo Kapherus e o uso com frequência, é ótimos quando temos um ponto objetivo a ser analisado, no caso a casa da consulente.

A pergunta: Existe de fato presenças espirituais na casa da cliente?    
Ás de Copas foi escolhida como carta Tema para casa da pessoa.




O que seria indicativo da presença de espíritos desencarnados neste jogo?
Obviamente o naipe de Espadas, pois ele transita nos níveis de energia densos, do karma, do mundo espiritual.

Na primeira posição, ou seja as duas primeiras cartas a serem analisadas apontam o passado recente, ou ainda o momento em que estamos falando. 

Costumo olhar os 6s como um caminho, uma passagem. No caso uma passagem que vem pelos caminhos do afeto, pois temos o naipe de copas. Na sequencia e praticamente cercando a casa da consulente, ou seja o Ás de Copas, encontramos as cartas de espadas que são desafiadoras no quesito kármico, e estão intimamente conectadas com o mundo astral, aqui potencializadas pelo número 8, que refere-se a comunicação, ao pensamento, ao equilíbrio. Essa junção de 8 + espadas traz um apego ao sofrimento, uma tentativa frustrada de comunicar e participar positivamente.

Agora vemos acima do Ás de Copas uma carta muito difícil, numa posição estratégica, está afetando a mente da consulente. 

O 10 de Espadas é uma carta forte, bastante sombria, que traz aspectos de morte, fim de etapas, situações crônicas e muitas vezes refere-se a "Grande viagem" que os espíritos fazem após o desencarne.

Abaixo numa posição em que situa-se o que tememos, nossos medos, temores, etc, temos o J de Espadas, que é literalmente lido como um espirito de alguém, óbvio, quando o tema assim sugere.

A partir dessa confirmação a consulente achou por bem caprichar em rituais de purificação. De toda forma a perspectiva é bem positiva, temos o K de Ouros que nesse tipo de leitura espiritual, sugere ser um protetor da cliente, um ser de luz, capaz de limpar e trazer serenidade para ela, seguido do 3 de Paus que pede que prossiga cuidando de seu ambiente.

Seu feedback foi o seguinte: mora em um bairro tradicional, num prédio onde herdeiros brigam por posse de imóveis, muitos dos moradores são bem idosos, viúvos ou viúvas, o ambiente do prédio tem esse "tom" meio triste.

Quando uso o Baralho comum tenho uma preferencia por esses jogos menores, com uma dinâmica rápida e precisa.

Nossa resposta: Sim, nossa amiga é visitada por espíritos que ainda sentem conexão com o lugar e possivelmente vivem em conflito por conta de litígios familiares, e ela deve cuidar para que suas energias não sejam influenciadas por qualquer energia desse tipo.


Existem formas diferentes de dar significado as cartas do Baralho comum, todas são excelentes e funcionam muito bem. Treine com seu método e seus resultados serão excelentes.

Se for jogar lembre-se: perguntas objetivas, método conhecido ou para estudo, mente serena, anote em seu diário de estudos, foco e serenidade. Lide com os resultados com simplicidade, nada é para sempre, estamos seguindo o fluxo.

Desejo uma boa cartomancia a todos!
Paz e bem!
Fiquem com Deus e com boa saúde! 
















segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Bem vindo 2018 - 1/1/2018 - A doçura dos novos começos

Dia 1/1/2018 - Dia Mundial da Paz

Desejo paz a todos, em todos os planos da existência, inclusive aqueles que não conhecemos.

Quando fui "convidada a escrever sobre as cartas do Baralho das Almas durante todo o mês de dezembro, sinceramente achei que seria fácil, mas não foi, rsr...

Esse baralho tem um "quê" curativo que de certa forma me descascou as feridas da Alma e me proporcionou uma espécie de cura, pela qual sou muito grata. Pelo que conheço da espiritualidade, essa cura chegou até muitas pessoas.

Quando comecei a escrever no dia um, optei por retirar três cartas do baralho, as cartas que representavam as pessoas: homem, mulher e criança. Isso para que as mensagens fossem direcionadas de forma ampla e irrestrita. 

Sobraram 33 cartas e o mês iria até o dia 31, então ontem ao retirar a 31ª carta para finalizar o mês e o ano, me deparei com as duas cartas e sua mensagem deliciosa, meiga e cheia de boas vibrações para todos nós.

Sim , é assim mesmo, era como se eu os ouvisse falando... depois de dias e dias carregando a Cruz, agora é hora de saborear a vida.

Duas lindas cartas conectadas às energias de alegria e as melhores vibrações de amor e paz .

Nesse ano, não importa o que aconteça não seja apenas "alegre", seja a alegria, deixe fluir a alegria de modo espontâneo, leve, e estenda essa boa vibração aos que "navegam" na mesma viagem.

Não importa onde esteja, não apenas deseje a "paz" ou que esteja cercado de "boas energias". Seja a Paz e espalhe as energias que deseja.

Assim como as crianças, que riem do tombo, fazem as "pazes" e num enrolar de dedos voltam as boas, vamos cultivar essa inocência e leveza  para começar o ano muito bem, e diariamente afirmar essa vontade de não paralisar por causa de uma queda, ou um mal entendido.

No seu Navio que partiu agora a pouco, abasteça de doçuras todos os dias e seja a paz na certeza que NUNCA ESTAMOS SÓS, JAMAIS ESTAMOS SEM A PROTEÇÃO DIVINA. 

Ponha o nome que quiser, seja qual for sua crença ou descrença, sinta-se abraçado pelo doce despertar desse ano e sejamos a paz além de toda a compreensão.

Bênçãos para cada dia do ano, que nós tenhamos doçura e alegria para distribuir e paz e serenidade para sermos mensageiros de boas vibrações para nós mesmos e para todos nesse mundo. Somos todos UM!

Feliz 2018 

"Que todos os seres sejam felizes e que meus pensamentos, palavras e atos contribuam para a felicidade de todos os seres."
http://www.anjodeluz.net/mantras/lokah_samastah.htm

domingo, 31 de dezembro de 2017

Reflexão com o Baralho das Almas 31/12/2017 - A grande viagem

Como diz o poeta, a vida pede um pouco mais de calma, a vida pede um pouco mais de Alma!
Na primeira hora de 2017 nós embarcamos no Navio da Vida para mais uma jornada, e me cabe dizer que nem todos conseguiram chegar ao final dessa temporada.
Quem está aqui, seja em que condições for, deve agradecer pela oportunidade, ela é única e intransferível, limitada ao karma e sujeita ao aprendizado para o aperfeiçoamento da consciência.
Quando comecei a tirar as cartas no dia 1/12, me perguntava curiosa, o que os Velhos iam preparar para o ultimo dia desse ano, que carta seria! 
As cartas foram saindo e hoje estamos no ultimo dia desse ano, com a ultima carta do Baralho das Almas, o Navio que encerra a grande viagem de 2017.
Como foram as experiencias vividas, como estava o mar da vida na travessia dessa jornada de 365 dias? 
Você planejou sua viagem? Foi surpreendido pelas tempestades, tremeu de medo ao ver o tamanho das ondas que o mar da vida trouxe?
Adoeceu, enjoou ao cruzar o mar nas turbulências da incerteza?
Foi precavido, juntou o necessário de energia, força e coragem para chegar até aqui?
Como fez nas noites em que não havia nem lua nem estrelas para guia-lo até o próximo porto?
Quem viajou com você, quem ajudou na travessia, a quem você estendeu a mão quando ao seu lado outros Navios tombaram naufragados no mar do desespero?
Não importa como, nós que chegamos aqui, sejamos gratos.
A pedido das Santas Almas eu coloco aqui o significado deste Navio, um Navio de carga humana,  desumanamente aprisionando e torturando vidas. Cabe a nós a libertação dessas dores passadas e quebrar os grilhões que nos prendem ao passado sofrido, aos que ferimos e aos que nos feriram, aos nossos algozes e inimigos de qualquer tempo.
A viagem foi grande e para alguns de nós deu a sensação de ser interminável, mas aqui estamos, próximos ao Porto que por segundos, quando as luzes brilharem no céu, teremos a ilusão de tudo novo, um novo tempo, novas alegrias, novas realizações e assim desejo, mas atenção, em poucos instantes o Navio parte para a próxima jornada (a eterna jornada, a grande viagem da vida). 
Desejo que no desembarque, deixem os pesos desnecessários, e se abasteçam de fé, de amor, una seu coração a outros corações perto ou longe de você, encha seu Navio de paz, e vá com mais lucidez, planeje com gentileza e respeito a si  mesmo e faça  todas as paradas necessárias para rever o curso de sua viagem. 

Não tema voltar atras, não tema pedir ajuda, não se envergonhe de não ter todas as respostas e ser não ser um exímio piloto. Seja o melhor que puder e a cada dia tente de todo coração fazer o seu melhor.

Agradeço a vocês que seguiram comigo, família, irmãos fraternos,  amigos, clientes, leitores, almas generosas que me estenderam a mão e alimentaram meu coração com boas palavras, que me seguraram a mão e deram seu ombro como apoio para os momentos em que perdi a serenidade.

Não há como agradecer, é muita sorte ter vocês comigo!

Aos amigos fiéis da espiritualidade, meus Guias e Guardiões, minhas Almas Sábias, Benditas e Santas, olhem por nós pequeninos na grande jornada que começará em poucas horas. Estenda suas bênçãos aos que lerem esse texto, amplie as bençãos aos que moram eternamente em nosso coração.

Peço a misericórdia pelo ano que finda, Deus sabe o quanto custou a cada um de nós, sinto muito se não pudemos dar o melhor de nós,  e peço as bençãos para que nossos olhos se abram para o vasto horizonte que nos dará a chance de não cometer os mesmos erros.

Abença Vovó, Abença Vovô! Gratidão meus Velhos, adorei as Almas e sem Elas eu não chegaria até aqui!

Adeus 2017, me perdoe, sinto muito, te amo e sou grata por tudo...

#adoreiasalmas #tzaradaestrela #baralhodasalmas

sábado, 30 de dezembro de 2017

Reflexão com o Baralho das Almas 30/12/2017 - A hora de dizer adeus

Reflexão com o Baralho das Almas  30/12/2017

Mais um ano se vai, menos uma estação para nossa Alma "passageira" do trem da vida, e me pergunto amigos, porque ficamos apegados aos problemas se a cada ciclo nossa temporada aqui se torna menor?

Que difícil é entender que "tudo passa"!

Alegrias e seus momentos maravilhosos, o travesseiro molhado de lágrimas de desespero, as angústias e aflições que geram tanto mal estar...tudo passa, mas muitas vezes nós ficamos tentados a prender os acontecimentos nas mãos.
Nossas mãos viram garras para aprisionar a alegria, mas a alegria vivida nunca mais será a mesma. Os beijos de amor se dissolvem, se recriam de outras formas, os filhos que parimos e desejamos cuidar a vida inteira se tornam adultos e seguem a vida, o casamento se transforma em múltiplas opções de convivência, e aí mora a riqueza da vida, deixar ir, deixar seguir para não interromper o fluxo.

Nossas mãos também viram garras para aprisionar a dor. Parece estranho, não é? Mas temos apegos às dores, ao vivido como desamor, ao que nos magoou , feriu, ao abandono e a ausência de abraços.
Essa dor conhecida nos "protege" de futuras dores, isso queridos é o que nosso Ego pensa. O Ego é caprichoso, um jovem teimoso que insiste em ter razão.

Voltamos inúmeras vezes ao sofrimento para "entender" o que houve, mas esse retorno vaidoso que busca explicações não ajuda em nada. A vida nos diz todo dia: acorde, levante, você está num novo tempo, faça o seu melhor, aperfeiçoe-se.

Voltamos inúmeras vezes para beber da taça amarga da mágoa, para justificar que não merecemos sofrer, e claro, sofremos mais, e muitas vezes essa dor exige culpados e punidos. Tanto tempo perdido...

Nesse fim de ciclo, desejo que todos encerrem suas dívidas intimas, para consigo ou para com os seus amados, encarnados ou desencarnados. Vamos deixar o fluxo da vida seguir, sem segurar o tempo nas garras vaidosas da razão. Vamos optar pela paz.

Ainda temos tempo de concluir algo que ficou perdido, de trazer luz ao que escondemos em nosso coração, de sermos gratos pelos aprendizados deste ano que foi muito difcicil para muitas pessoas em todo o planeta.

De hoje para amanha considere tirar um tempinho para você avaliar suas experiencias de 2017 com honestidade, limpar seu coração de culpas, mágoas, dores, luto, e avaliar sem a "razão", apenas com seu coração,  pedindo ao alto que lhe aponte a direção correta, contando com a misericórdia e benevolência dos Mestres.

Uma vez Vovó Maria do Rosário falou assim  para um filho que pedia consulta: Meu filho, você está chorando tanto pelas flores que morreram que não está cuidando das que estão brotando hoje. Pelo menos use essas lágrimas para regar o que vai chegar, senão as novas  flores vão secar também.

Vamos nos despedir desse ciclo, vamos nos despedir dos nossos erros e procurar alguma boa lição para crescer, vamos nos despedir do que foi bom e nos abrir para a construção do melhor, vamos seguir adiante com as bençãos das Santas Almas.

Abro um parentese aqui: Dedico esse post a todos os meus amados familiares e amigos que partiram. Que estejam em sintonia com o amor que tivemos e sempre viveremos. Que os Anjos olhem por eles e eles tenham misericórdia de nossas imperfeições. 
Se seu coração pedir faça o mesmo, envie amor e luz aos que já concluíram sua missão entre nós e nos aguardam em breve.

Compartilhe se julgar útil, marque seus amigos se for ajuda-los. Nosso ciclo de posts encerra amanha.

Te desejo a paz e o bem!
#tzaradaestrela #adoreiasalmas #baralhodasalmas





sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Reflexão com o Baralho das almas 29/12/2017 - A água da vida



A imagem pode conter: telefone
Reflexão com o Baralho das Almas - A água da vida 
29/12/2017
"Preto Velho já está cansado. Preto Velho por Deus coroado, Aruanda mandou lhe chamar: Uma vela, um copo d'Água na mesa,um rosário de Nossa Senhora e a Pemba de Pai Oxalá."
Basta isso pra curar, serenar nosso coração, trazer uma renovação interior, equilibrar. Nós também somos mais água do que sólido, mais de 70% de fluidos correndo pelo sistema orgânico e precisamos desintoxicar o que se agrega espiritualmente nos corpos físico, astral, mental.
Um copo de água é uma benção! Nas mãos de nossa mãe, adoçado com açúcar cura o tombo, o brinquedo perdido, um susto ou uma dor.
Nas mãos de um Velho ou um Idoso, com rezas sussurradas é certeza de bençãos vindo em nossa direção.
Quando sentimos os elementais vibrando no copo de água 💦 que magia!!!
Que magia Divina poder equilibrar nossas águas internas e não precisar viver no tsunami 🌊 das emoções.
Com as águas batizamos, regamos nosso jardim, recebemos chuvas de bençãos, lavamos o corpo e com lágrimas lavamos a Alma.
Com as bençãos dos Velhos fazemos os chás, os banhos, os caldos, e curamos o que for preciso. Água é um bem terapêutico para a vida. 
Nos mostra que a transparência é uma dádiva que traz clareza interior e nas relações, mostra que ser passivo contém a potência para se transformar no que preciso for. Nos permite entender que moldar-se ao " recipiente da vida" é sinal de inteligência.
O ano está acabando e deixo com vocês uma Magia de minha Velha Maria do Rosário: 
Para limpar e descarregar seu ambiente, corte uma cebola sem casca em cruz, coloque numa vasilha Branca ou transparente e cubra com água. Deixe assim por um dia, no local de sua casa que você deseja purificar. No dia seguinte despeje a água da cebola em água corrente e a cebola pode ser enterrada ou colocada na natureza.
Lembre: todo trabalho pede foco e fé, e sempre gratidão.
Bençãos e paz!
#baralhodasalmas #tzaradaestrela #adoreiasalmas 
Gratidão minhas Almas Benditas!